Seu IP: Desconhecido · Seu status: Protegido
Desprotegido
Desconhecido
Blog Aprofundado

Deep Web e Dark Web: Quais são as Diferenças e como Acessá-las

Nov 22, 2020 · Leitura de 6 min

Deep Web e Dark Web: Quais são as Diferenças e como Acessá-las

Muitas pessoas acreditam que Deep Web e Dark Web são a mesma coisa, mas esta não é a realidade. Aqui, você vai aprender as principais diferenças entre as duas coisas, as principais características e formas de acessá-las e quais suas maiores finalidades.

A Deep Web (também conhecida como Undernet ou Deepnet) é um ramo da Web que não é listado nos mecanismos de busca mais convencionais (como o Google), não estando aberta aos internautas em sentido geral. Deep Web é um termo genérico para categorizar redes distintas e geralmente independentes que não são interligadas.

Mas há muito mais para saber sobre o tema. E você está no lugar certo para isso.

O que é Deep Web?

Primeiro, vamos entender o que é a Deep Web, um termo usado com mais frequência. E, para isto, vale a pena usar um iceberg como analogia: a ponta do iceberg, aquilo que fica visível e “acima do nível do mar”, é a Internet (World Wide Web, a “rede mundial de computadores”, também chamada de Surface Web), a parte do meio é a Deep Web e a parte mais profunda, o fundo, é a Dark Web.

A Deep Web, em si, é composta por websites (páginas em geral) que não são vistos ou divulgados livremente pela internet. O termo também é empregado para fazer referência a endereços que não são indexados pelos mecanismos de busca (como Bing, Google, Yahoo Search e outros) – e isto acontece por razões de maior privacidade e segurança (como navegar anônimo) para pessoas que produzem e consomem estes conteúdos.

A Deep Web, então, pode ser compreendida como uma camada mais “fechada” da internet, sem que isso necessariamente signifique a ação ilegal ou criminosa.

O que pode ser encontrado na Deep Web?

Em resumo, você vai encontrar plataformas fechadas (há muitas discussões, por exemplo, que tentam colocar redes sociais como o Facebook como parte da Deep Web), fóruns informativos, websites e plataformas acadêmicas (e até grupos que lutam para divulgar informações em regimes fechados e autoritários), etc.

Embora possa haver conteúdo criminoso na Deep Web, este tipo de coisa fica mais concentrada na Dark Web em si. Ambas usam a chamada TOR (The Onion Routing, ou “o roteador cebola” em tradução livre), uma rede para comunicações anônimas desenvolvida pelas forças armadas dos Estados Unidos, mas liberada para uso não-militar.

É crime entrar na Deep Web?

O propósito da Deep Web é manter a integridade dos seus dados privados e o seu anonimato. Acessar a Deep Web, em si, não é crime e não é algo impossível. Há várias plataformas e websites legítimos que se incluem na Deep Web. Não há nenhuma legislação específica que proíba o acesso à Deep Web, e isto inclui o Brasil.

O que é crime são as atividades ilegais realizadas na Deep Web, na Dark Web ou na Internet “normal”. Então, você não precisa se preocupar em entrar na Deep Web, contanto que suas atividades sejam legítimas.

É possível entrar na Deep Web pelo celular?

Sim, também é possível acessar a Deep Web por dispositivos móveis, bastando usar os navegadores web para estes aparelhos, ou aplicativos específicos.

O que é Dark Web?

Agora que nós entendemos melhor o que é a Deep Web, chegou a hora de ir até o fundo do iceberg: a Dark Web. Diferente da Surface Web e da Deep Web, os conteúdos associados à Dark Web geralmente têm ligação com atividades criminosas e contravenções.

Ela pode ser entendida como uma pequena parte (ou “subgrupo”) da Deep Web, já que suas páginas também não são indexadas pelos mecanismos de busca (ao menos pelos convencionais). Só que, na Dark Web, o ocultamento destas páginas é ainda mais profundo e o acesso é muito mais difícil.

O que é possível encontrar na Dark Web?

Na Dark Web há todo tipo de conteúdo criminoso: comércio ilegal de armas e drogas ilícitas, tráfico humano, exploração sexual, conteúdos pornográficos bastante graves e outros tipos de materiais que, por questões óbvias, não são divulgados abertamente, comércio de informações roubadas, fóruns extremistas, materiais pró-terrorismo, etc (além de sites falsos criados para aplicar golpes ou incriminar pessoas e atacar figuras diversas).

Há vários exemplos de endereços que foram inclusive fechados por autoridades justamente por isto. O Silk Road, por exemplo, era uma plataforma de comércio ilegal e tráfico em geral, o que incluía venda e contrabando de drogas ilícitas, por exemplo. O portal foi fechado pelo FBI e o criador, Ross William Ulbricht, foi identificado e condenado à prisão perpétua sem direito de condicional.

No Brasil também há casos de criminosos que foram responsabilizados por conteúdos postados na Dark Web. Marcelo Valle Silveira Mello organizava e ajudava a manter fóruns de extrema-direita na Dark Web e foi condenado a 41 anos de prisão por vários crimes, incluindo associação criminosa, racismo, armazenamento e compartilhamento de imagens sexuais de menores de idade e outras contravenções.

Estes são “só” dois casos emblemáticos envolvendo a Dark Web. Então, em resumo, o que você vai encontrar na Dark Web é o tipo de conteúdo que não vale a pena procurar – a menos que tenha motivações criminosas. É um âmbito totalmente desaconselhável da Internet.

Qual a diferença entre a Deep Web, Dark Web e Surface Web?

qual a diferença entre a Deep Web, Dark Web e Surface Web

Para resumir, Deep Web, Dark Web e Surface Web são “camadas” diferentes da Internet. A Surface Web é a internet “visível”, aquela que pode ser encontrada e acessada facilmente, que não exige credenciais ou informações personalizadas para ser acessada e está acessível a praticamente qualquer usuário – cujos conteúdos podem ser encontrados pelos buscadores convencionais. É muito mais difícil conseguir manter sua privacidade e seu anonimato nesta parte da Internet.

A Dark Web, ao contrário, agrega tudo o que não pode ser encontrado facilmente e que não está acessível de modo aberto a qualquer usuário. Isto inclui desde plataformas legítimas, reservadas para grupos e usuários específicos, e também atividades ilegais – nesta fase, falamos da Dark Web, que é um “segmento” dentro da Deep Web, mas com uma orientação essencialmente criminosa.

Há semelhanças entre a Deep Web e a Dark Web: ambas não são indexadas nos mecanismos convencionais de busca e são mais fechadas, geralmente exigindo informações e dados específicos para permitir o acesso.

Estas duas esferas da Internet são muito mais privativas e anônimas, ou seja, deixar rastros é muito mais difícil (é exatamente por isto que os criminosos preferem a Dark Web, pela segurança de um anonimato quase perfeito – mas que, como mostramos, não é tão perfeito assim, já que vários crimes foram identificados nesta esfera e seus responsáveis, punidos).

Segurança e privacidade nas redes

É preciso entender que as principais motivações para a Deep Web são legítimas: maior privacidade e maior anonimato nas redes, garantindo maior autonomia e liberdade para criar, difundir e aprimorar informações, produtos e serviços.

Entretanto, criminosos fazem uso destes recursos de anonimato e privacidade na expectativa de que, com uma impunidade quase garantida, terão condições propícias para praticar suas atividades. É muito mais fácil disseminar desinformação, extremismo e cometer crimes se as identidades são mais difíceis de serem descobertas.

Você não precisa ser criminoso para usufruir de maior privacidade. Há vários recursos que garantem isto mesmo na Surface Web, como as VPN’s (confira aqui nosso artigo sobre “O Que é VPN”). Uma VPN profissional oferece um ótimo nível de criptografia que garante segurança e maior privacidade para sua conexão. Depois disto, se decidir visitar deve usar uma VPN para a Dark Web para se manter seguro.

Critério é algo fundamental: se você não se associa a ações criminosas na Internet “comum”, não vai fazer o mesmo em outras camadas dela.


Laura Klaus
Laura Klaus successAutor verificado

Laura Klaus is a content manager who is curious about technology and online privacy. She learns something new every day and shares that knowledge with readers worldwide.


Assine o blog da NordVPN