Seu IP: Desconhecido · Seu status: Protegido
Desprotegido
Desconhecido
Blog Tutorial

Como Navegar Anônimo e o Que é Incógnito

Na Era Digital, privacidade parece uma palavra com cada vez menos significado e um desejo cada vez mais impossível de se realizar.

Ruth Matthews

Ruth Matthews

Nov 16, 2020 · Leitura de 5 min

Como Navegar Anônimo e o Que é Incógnito

Mas, mesmo com todos os desafios, há métodos para garantir mais anonimato e privacidade para suas ações no imenso oceano da internet.

Seus dados e informações são mercadorias

Quando falamos em internet, podemos tratar nossas informações pessoais e nossos registros como mercadorias, commodities com alto valor agregado.

O próprio Facebook já enfrentou um processo exatamente sobre isso, comercialização de informações pessoais de seus usuários. E este é só um dentre inúmeros exemplos.

No mundo inteiro, há bilhões de pessoas usando a internet todos os dias, o tempo inteiro, por todo tipo de razão. Com a difusão de conexões sem fio (principalmente em redes de Wi-Fi) e a difusão massiva de dispositivos móveis como smartphones, tablets e outros mais, navegar na internet é algo que, hoje, conta com cada vez menos barreiras.

As informações, gostos e atividades destas bilhões de pessoas são coletadas por várias empresas e, especialmente, por grupos especializados em análise de dados. Além disso, praticamente todo aplicativo, rede social e mecanismo de busca conta com algoritmos avançados que conseguem definir suas preferências e marcar traços do seu comportamento online.

A importância de proteger sua privacidade

Embora grande parte do comércio de informações seja feito de forma “legal” e muitas políticas de termo e privacidade de várias empresas estipulem que os dados de seus usuários podem ser repassados para terceiros, em muitos casos suas informações são literalmente roubadas.

Muitos bancos de dados têm seus dados vazados por agentes externos ou, em vários casos, por ataques internos (como funcionários que expõem essas informações, contrariando as políticas das próprias empresas).

A legislação sobre proteção de dados pessoais em ambientes virtuais varia de país para país. Em alguns casos, há restrições mais pesadas sobre o compartilhamento de informações pessoais com terceiros. Em outros, estas leis são mais frouxas.

Independente disso, há várias razões para proteger sua privacidade e seu anonimato, como maior integridade das suas informações, menores restrições por questões governamentais, mais segurança para você (afinal, estamos falando de dados sigilosos como nome, endereço, identidade, dados bancários, etc.) e uma experiência virtual mais saudável. Existem diversas maneiras de proteger sua privacidade, por exemplo, para comunicação privada, você pode enviar e-mails anônimos.

Agora, vamos aprender sobre como navegar na internet de modo mais privativo.

como navegar anonimo no pc

O que o modo anônimo faz e o que ele não faz

Primeiro, é preciso lembrar que usar o modo de navegação anônima/privada/incógnita em um navegador não é garantia total de anonimato (é importante também saber o que é o modo incógnito).

A navegação em modo incógnito apaga os cookies depois que você fecha o navegador, mas as limitações sobre estes cookies dependem das configurações que você escolher e também dependem de cada navegador. Navegar de modo incógnito também faz com que os conteúdos que você acessa não sejam registrados no histórico do navegador.

Mas esse modo não garante que outros possam monitorar seu tráfego de internet, como seu próprio provedor de internet, agências do governo ou o administrador da rede que você usa em um ambiente de trabalho ou na universidade, por exemplo.

Quando você insere seus dados pessoais para entrar no seu e-mail, na sua rede social favorita ou em qualquer outra plataforma, por exemplo, isso gera rastros que servem para te identificar. Então, é praticamente impossível se “esconder” totalmente.

Além disto, navegar no modo anônimo não protege totalmente seu tráfego de dados contra criminosos cibernéticos, ataques e certas vulnerabilidades.

Ele ajuda a aumentar seu anonimato, mas não garante anonimato total e muito da sua privacidade online depende das suas próprias ações, e não exclusivamente de uma VPN ou do modo de navegação privada.

Como navegar de modo anônimo

Em geral, todos os navegadores web oferecem funcionalidades para navegação anônima/privativa.

O nível de privacidade oferecido por esta modalidade depende de navegador para navegador, mas é importante ter em mente que mesmo em modo de navegação anônima não há garantia total de uma privacidade absoluta.

Outra forma muito eficiente de melhorar o nível de privacidade online é entender como a proteção das informações do seu IP podem te ajudar (confira nosso guia “Como Ocultar meu endereço de IP” e também nosso guia “Qual é meu endereço de IP?”).

Vamos ver os passos para os principais navegadores e sistemas.

Google Chrome

Para navegar em modo incógnito no navegador Google Chrome, basta iniciá-lo e, depois, clicar nos três pontinhos no canto superior direito e, aí, selecionar a opção “nova janela sem registro”. Pronto, agora você vai navegar na internet de modo anônimo.

Outro jeito de fazer isso é apertar Ctrl + Shift + N com o navegador aberto.

Firefox

É só abrir o Firefox e, no canto superior direito, clicar nas três barrinhas onde estão as opções de configurações. Depois, escolha a opção “nova janela privativa”.

Ou, se preferir, você também pode fazer isso apertando Ctrl + Shift + P com o navegador aberto. Você também pode conferir mais sobre o modo incógnito no Firefox.

Microsoft Edge

Para ativar o modo de navegação anônima no sucessor do falecido Internet Explorer, basta abrir seu Microsoft Edge e, no canto superior direito, clicar nos três pontinhos para acessar as configurações; depois, clique em “Nova janela InPrivate” e, pronto, o modo anônimo foi ativado.

Se quiser, é só apertar as teclas Ctrl + Shift + N.

Safari

No Safari, basta usar o comando Command + Shift + N com o navegador aberto. Também é possível ativar a navegação em modo anônimo escolhendo o menu Arquivo e, depois, clicando em “Nova Janela Privada.”

Opera

O Opera também é uma ótima opção em termos de privacidade – com ele aberto, basta usar o atalho Ctrl + Shift + N para ativar guias anônimas.

Outros navegadores web

Há outros navegadores web que, por si só, já oferecem funcionalidades de navegação privada mais complexas, como o Tor que, muito mais do que um modo de navegação anônima, já é preparado para reduzir ao máximo a exposição dos seus registros e o acesso às suas atividades online.

Você pode conferir aqui quais são os melhores navegadores em termos de privacidade e segurança – e, aqui, você também pode aprender sobre como mascarar o IP e, assim, ganhar mais autonomia e segurança ao navegar na internet.

Para usar o modo de navegação em sistemas de dispositivos móveis como o Android, basta usar os mesmos procedimentos com os navegadores instalados no seu aparelho.

Como uma VPN pode te ajudar

Outro meio bastante interessante e eficiente de aprimorar seu anonimato online e sua privacidade na rede é usar uma boa VPN (confira nosso artigo O que é VPN?).

Embora uma VPN não garanta anonimato ilimitado e completo (já que, por exemplo, se você permitir que terceiros armazenem cookies de seus websites no seu dispositivo, salvar informações de login nas suas contas e redes sociais ou outras coisas do tipo, isso vai servir para te identificar na internet), elas são ótimas ferramentas para criptografar suas informações, proteger sua conexão e dificultar ao máximo a espionagem por parte de terceiros.

Use o serviço VPN online oferecido pela NordVPN que, além de ser bastante confiável, conta com ótimas análises de especialistas do ramo – comuma criptografia de última geração e uma política de registro bastante responsável.