Seu IP: Desconhecido · Seu status: ProtegidoDesprotegidoDesconhecido
Blog Novidades

Por que uma conta falsa da NordVPN ou um crack não são melhores que a NordVPN original

Nós não podemos te culpar por você querer uma cópia grátis da NordVPN (afinal, somos uma das líderes de mercado de VPNs). Só que procurar por um crack ou uma conta roubada é uma péssima ideia, a menos que você queira queimar seu dinheiro ou baixar uma série de vírus.

Laura Klusaite

Laura Klusaite

Mar 09, 2021 · Leitura de 6 min

Por que uma conta falsa da NordVPN ou um crack não são melhores que a NordVPN original

Pegar uma versão crackeada ou roubada da NordVPN te deixa ainda mais vulnerável, como se você não tivesse uma VPN.

Leia mais para saber o motivo:

Como conseguir a NordVPN de graça

Há dois meios de acessar alguns recursos da NordVPN de graça ou com um desconto que é bom demais para ser verdade. As duas formas são um péssimo negócio:

Crack para a NordVPN

Se você chegou até aqui, então muito provavelmente você já estava procurando por um crack para a NordVPN. Bem, antes de seguir em frente e baixar, verifique o que analistas de segurança encontraram dentro destas cópias “crackeadas” da NordVPN:

  • Vírus/malware de acesso root: websites confiáveis não hospedam cópias crackeadas da NordVPN ou de outros programas se realmente prezam por sua segurança. Você acaba baixando um arquivo de algum mirror, servidor anônimo ou de um link que alguém te deu em um fórum. Essa é a forma perfeita de se receber um vírus.
  • Depois de baixar um arquivo de fontes aleatórias online, há poucas chances de você manter sua segurança (clique aqui e saiba mais sobre diferentes métodos de hacking). Nem mesmo os programas de antivírus podem identificar 100% das ameaças (principalmente se o hacker criar um vírus próprio e diferente). Se o antivírus não reconhecer a ameaça, você só vai receber uma mensagem aleatória de quem hospeda o arquivo: “é somente um falso positivo porque é assim que o crack funciona, não se preocupe, não é um vírus”. Que ótimo. É como diz o ditado: todo dia um ingênuo (para não dizer outra coisa) sai de casa. O malware pode causar um estrago enorme no seu sistema. Clique aqui e saiba mais sobre os diferentes tipos de vírus.
  • Adware: se você tiver sorte, “só” vai baixar algum tipo de adware ao invés de um vírus realmente sério. Ao invés de roubar sua identidade, eles vão simplesmente encher seu computador com anúncios. Alguns tipos de adware injetam anúncios no seu navegador e em cada website que você visita, enquanto que outros programas adware podem injetar propagandas no seu dispositivo inteiro. Imagine o incômodo de pop-ups irritantes no seu dispositivo! E, além disso, este tipo de programa geralmente deixa seu computador mais lento.
  • Software genérico e aleatório: essa descoberta foi bastante intrigante para os nossos analistas de segurança. Eles descobriram que alguns downloads de supostas versões crackeadas da NordVPN acabam instalando versões legítimas de outros programas quando são baixadas. Um dos downloads de uma suposta versão crackeada da NordVPN acabou instalando o Adobe Flash Player. Mas, para quê?

Lembre-se, aqui está a principal razão para você jamais instalar uma cópia crackeada da NordVPN:

Uma cópia crackeada da NordVPN vai te deixar ainda mais vulnerável, com menos privacidade e menos funcionalidades de segurança, como se você nem usasse uma VPN. Você não está baixando a NordVPN, você está baixando qualquer outra coisa, inclusive programas maliciosos e infectados, projetados para serem usados contra você e não a seu favor.

Contas da NordVPN roubadas e colocadas à venda

Há vendedores inescrupulosos online que comercializam assinaturas da NordVPN com licenças para 1, 2 ou 3 anos por valores mais baratos que o menor dos nossos planos. Pode parecer um ótimo negócio mas, na verdade, você não está comprando absolutamente nada. Vamos explicar.

É verdade que estas contas são legítimas, mas elas são propriedade de usuários da NordVPN que acabam usando senhas frágeis e que são descobertas e vazadas para outros websites e fóruns. Quando alguém utiliza uma senha fraca e usa esta senha para todas as contas e plataformas online e uma destas contas é hackeada por alguma falha de segurança, isso coloca todas as outras contas em risco. Estas contas vazadas não são resultado de quebras de segurança no serviço da NordVPN, mas da fragilidade das senhas em si mesmas. Nós podemos proteger os usuários contra ameaças externas, mas não podemos protegê-los de falhas pessoais, como senhas fracas que utilizam em qualquer outro lugar.

Aqui está o modo com o qual os hackers roubam contas da NordVPN para vendê-las:

  1. Hackear um website desprotegido para criar um banco de dados de senhas ou comprar um de outro hacker online;
  2. Testar os logins com os dados reunidos em um número de contas de serviços online (como Netflix, Amazon, Spotify, NordVPN, etc.) até encontrar uma senha que funcione;
  3. Vender o nome de usuário e a senha online enquanto você finge fornecer uma conta legítima.

É isso que você está comprando. Mas, qual o problema?

Você não sabe quanto tempo a conta vai funcionar. Você não está com uma assinatura nova, você só está usando a assinatura de outra pessoa, já ativa. Se você pagou ao hacker por uma assinatura de 3 anos, por exemplo, e descobre que só restam dois anos e três meses para esta licença, a única pessoa ganhando com isto é o hacker, que já pegou seu dinheiro. Tente pedir por um “reembolso”.

  1. Você pode perder a conta a qualquer momento. Quando você paga pela conta, tudo que você consegue é um nome e uma senha já ativos, de outra pessoa. A maioria dos vendedores vai te avisar que você não deve mudar as informações de login. É porque, se você fizer isto, então a pessoa que é realmente dona da conta pode conseguir se reconectar. O acesso da pessoa será restabelecido por meio do contato ao suporte, mudando a senha e assim, tornando inútil sua compra de uma conta roubada. Você fica nas mãos dos hackers. A conta é sua para usar, mas só enquanto o verdadeiro proprietário não mudar a senha.
  2. Você não vai conseguir usar muitos dispositivos com a conta roubada. Cada conta da NordVPN abrange até seis dispositivos e muitos aparelhos podem ser usados simultaneamente quando mais de uma pessoa usa uma conta.

E aqui está o que acontece quando a conta roubada que você comprou fica sobrecarregada: se o limite de dispositivos for atingido, você vai ter que esperar até o usuário legítimo desconectar algum aparelho para que você possa se conectar. Se você bloquear o usuário, então ele vai perceber que há alguma coisa errada e pode mudar a senha rapidamente, colocando um fim na sua brincadeirinha gratuita (ou melhor, quase gratuita).

Mas tudo isso parte do princípio de que a conta só foi vendida uma vez e só para você, o que é muito improvável, já que estamos falando de criminosos virtuais e scammers que ficam bastante confortáveis em ganhar dinheiro às custas dos outros. Provavelmente, você vai dividir a mesma conta com outros compradores ingênuos, fazendo com que os problemas de conexão sejam bastante frequentes.

Usar contas crackeadas é ilegal?

Se comprar um carro roubado pode te colocar em apuros, o mesmo se aplica às contas crackeadas. Se alguém pagou por uma assinatura da NordVPN e você está usando a conta da pessoa sem o consentimento dela, então você está cometendo uma fraude. Só que, algumas vezes, as pessoas não fazem nem ideia de que estão comprando contas roubadas, e os hackers usam da ingenuidade delas para ganhar dinheiro.

É bom evitar usar contas crackeadas por razões legais mas, além disso, também para evitar expor sua privacidade e te causar riscos de segurança.

Quais são suas alternativas?

  • Usar uma VPN gratuita: nós geralmente não recomendamos VPNs gratuitas e há boas razões para isso. Mas, se você tiver que escolher entre baixar uma versão crackeada da NordVPN e uma conta roubada da NordVPN, então, honestamente, é muito melhor usar um dos nossos concorrentes que oferecem serviços gratuitos! Tendo isso em mente, há alguns pontos negativos em se usar opções de VPN grátis, como:
    • Você é um produto e não um consumidor: estas empresas precisam fazer dinheiro e se você não paga pelo serviço delas, então o dinheiro aparece de outra forma. Algumas rastreiam e vendem suas informações, enquanto outras instalam anúncios no seu navegador. A parte mais obscura das VPNs gratuitas é o fato de elas serem pegas vendendo a largura de banda dos usuários, compartilhando sua conexão com outras corporações. Isto faz com que estes serviços sejam menos seguros e menos privativos.
    • Baixa qualidade do serviço: as melhores VPNs gratuitas ainda são exatamente as mesmas que vão constantemente te encher de bugs intencionais para te forçar a fazer um upgrade e optar por uma opção paga. Neste caso, isso simplesmente significa que você vai sofrer com severas limitações na funcionalidade do seu serviço. Eles podem reduzir a velocidade da sua conexão, limitar o uso para certo prazo, período por mês ou bloquear recursos importantes para te convencer a pagar pelo serviço.
    • Infraestrutura precária: muitas vezes, VPNs gratuitas possuem uma qualidade inferior em infraestrutura, ausência de recursos avançados e péssimo atendimento ao consumidor, coisas que uma VPN paga e opções premium oferecem. Você recebe aquilo que você paga!
  • Assine a NordVPN: se você está mesmo a fim de contratar o serviço premium da NordVPN, vamos fazer um acordo: você pode fazer um teste VPN por um período de 30 dias, sem riscos. Dê-nos um mês para te trazer para o lado bom!

Clique no botão abaixo para testar a NordVPN por 30 dias, sem riscos!

Também disponível em: English, Português Brasileiro