O seu IP: Desconhecido · O seu estado: ProtegidoDesprotegidoDesconhecido

Quais as opções para navegar anónimo na internet?

Os internautas e os cidadãos comuns estão cada vez mais conscientes sobre os benefícios da navegação anónima na internet, por questões de privacidade e segurança. A utilização e a pesquisa dos melhores browsers privados tem vindo a crescer, à medida que mais pessoas constatam que devem esconder os seus dados das grandes empresas tecnológicas.

Laura Klusaitė Laura Klusaitė

Laura Klusaitė

Quais as opções para navegar anónimo na internet?

Todavia, usar um browser com melhores definições de privacidade não é o mesmo que navegar anónimo. As comunicações (sites visitados, uploads, downloads, etc.) continuam vulneráveis perante cibercriminosos. Vejamos em seguida as três grandes opções para navegar em privado.

Como navegar em anónimo: as três grandes alternativas

Note-se que nenhuma destas opções garante privacidade total na internet, mas os níveis de proteção aumentam enormemente.

VPN

VPN

Uma VPN é a melhor forma para navegar anónimo. Não só protege a identidade do utilizador, como encripta as comunicações na eventualidade de serem descobertas por uma terceira parte, como um cibercriminoso. Também acrescenta opções extra, como o Kill switch, que corta automaticamente a ligação da internet em caso de emergência, impedindo que as comunicações se tornem visíveis perante o fornecedor de serviços de internet ou um hacker que esteja a tentar intercetar mensagens. Confere aquelas vantagens básicas, como pesquisa em anónimo de forma a que a Google ou o Facebook não possam recolher dados de utilização nem criar um perfil com base nisso. Quem pretende saber como navegar anónimo acaba por concluir que fazer o download de uma VPN é a melhor opção, até porque é muito fácil de instalar e utilizar.

Utilize proteção online. A NordVPN é uma ferramenta de confiança que o vai ajudar a manter-se anónimo e seguro e que pode experimentar por 30 dias sem riscos!

Servidor proxy

servidor proxy

A palavra “proxy” remete para “por procuração”. Um proxy é um servidor “por procuração”: o utilizador liga-se a um servidor terceiro de modo que pareça, ao destinatário ou a um terceiro que intercete a comunicação, que se trata de outra pessoa ou origem. Um site que recuse receber visitantes de Portugal e que receba um visitante através de um proxy brasileiro poderá identificá-lo como vindo do Brasil e autorizar o acesso.

Porém, os servidores proxy não encriptam as comunicações e, sendo geralmente gratuitos, podem ser bastante inseguros.

Rede Tor

rede Tor

Como referimos em cima, usar um browser anónimo como o Brave não é o mesmo que navegar anónimo. Mas a rede Tor já se enquadra nesta definição. Mais que um simples navegador, o Tor é uma rede que direciona o tráfego de internet através de vários nós, tornando a identificação do computador de origem dificílima. Para conseguir detetar a origem de determinada comunicação, é preciso identificar um determinado servidor, daí para outroe outro – como quem descasca as várias camadas de uma cebola até chegar ao núcleo. Essa metáfora foi escolhida para dar nome inicial ao projeto: “The Onion Router” (“o router cebola”, em português), de cujas iniciais deriva o nome Tor.

O Tor é a escolha de ativistas e de todos aqueles que querem altos níveis de privacidade online, sendo necessário um certo nível de conhecimentos de informática para operá-lo.

E o modo incógnito?

O modo incógnito dos browsers, nomeadamente do Google Chrome, é muito utilizado por quem se preocupa em saber como apagar o histórico de pesquisas. Navegando em modo incógnito, a utilização não fica registada no histórico do browser acessível em modo normal. O próprio modo incógnito não tem histórico de pesquisas,ou seja, uma terceira pessoa não conseguirá descobrir, com uma simples pesquisa no próprio computador, que utilização foi feita.

Contudo, não confunda o modo incógnito com uma navegação anónima. O modo incógnito só esconde a atividade de pessoas próximas do utilizador e não de entidades terceiras. O fornecedor de serviços de internet continua a detetar que sites foram visitados. Como o endereço de IP não é escondido, sites terceiros continuam a poder identificar o computador de origem e as comunicações não são encriptadas, mantendo-se “disponíveis” para hackers. Usar o modo incógnito não é navegar em privado, sob nenhuma definição.

A segurança online começa com um clique.

Fique em segurança com a principal VPN do mundo


Laura Klusaitė
Laura Klusaitė Laura Klusaitė
success Autor verificado
Laura Klusaitė é uma gestora de conteúdos curiosa sobre tecnologia e privacidade online. Aprende uma coisa nova todos os dias e partilha esse conhecimento com leitores de todo o mundo.