O seu IP: Desconhecido · O seu estado: Protegido
Desprotegido
Desconhecido
Blog Em detalhe

O que são cookies?

Cookies são pequenos ficheiros que são armazenados nos computadores que visitam um website, por iniciativa desse mesmo website – ou seja, do webmaster e/ou da empresa que gere e é proprietária desse site. Hoje em dia já muita gente sabe o que são cookies, ou pelo menos tem uma ideia, devido à Diretiva 2009/136/EC (legislação emanada do Conselho e do Parlamento Europeu), que obrigou os sites a informar os utilizadores relativamente aos cookies que seriam “enviados” para os computadores ou aparelhos dos seus visitantes.

Ilma Vienazindyte

Ilma Vienazindyte

Sep 01, 2021 · Leitura de 4 min

O que são cookies?

Pode ser aborrecido estar sempre a clicar para aceitar cookies, mas o certo é que o tema nunca mais deixou de estar na ordem do dia, principalmente agora que começa a existir maior consciência cívica dos riscos associados à perda de privacidade na internet. Mas sabe por que motivo qualquer site hoje em dia utiliza cookies?

A história do cookie

Como noutras tecnologias, é provável que diversos técnicos e especialistas tenham surgido sensivelmente ao mesmo tempo, com soluções idênticas para necessidades idênticas. O inventor mais “famoso” de cookies é Lou Montulli, que trabalhava para o célebre Netscape em 1994. Um dos clientes pretendia criar uma loja online que reproduzisse o conceito de carrinho de compras, permitindo aos utilizadores adicionar itens enquanto navegavam pelo website – tal como é de uso corrente hoje em dia. Para tal, a melhor forma seria armazenar determinada informação no computador do visitante, e não no servidor da empresa. Quanto à origem do nome, diz-se que terá surgido de forma espontânea no meio profissional (entre engenheiros informáticos e programadores), pela semelhança às migalhas que indicam que alguém esteve a comer bolachas.

Tipos de cookies

Existem vários tipos de cookies:

Técnicos

São os que permitem que a área pessoal de um website funcione, de forma a manter uma sessão de utilização ligada num determinado computador. Estes cookies asseguram ao servidor do website que um utilizador específico, sem qualquer relação com outros visitantes da página, executou uma série de ações exclusivas. São os cookies que permitem o funcionamento das lojas online (tal como concebido em 1994) e que as sessões de “login” numa conta se mantenham ativas, mesmo que feche o browser e o torne a abrir mais tarde.

Personalização

Alguns cookies personalizam a experiência do utilizador; por exemplo, relativamente ao idioma no qual pretende que o site seja apresentado, da próxima vez que tornar a visitar o website. O consentimento para guardar cookies, que é dado aquando da primeira visita (ou depois de se limpar os cookies!), baseia-se neste tipo de ficheiro.

Análise

Os cookies de análise são os que menos interferem com a utilização, mas são provavelmente os mais importantes. Quem visita um website nunca dá por eles, mas são eles que, juntamente com os dados de milhares ou milhões de outros utilizadores, permitem analisar o comportamento típico dos utilizadores. São eles que servem de fonte de tomada de decisão a engenheiros informáticos e marketeers.

Publicidade

Estes cookies são especialmente relevantes para quem pretende rentabilizar e monetizar um website, pois medem a eficácia da publicidade que é apresentada aos visitantes.

Publicidade com base no comportamento

Os especialistas tendem a distinguir estes cookies dos de “simples” publicidade, uma vez que neste caso é tido em conta o comportamento do utilizador durante a navegação.

Cookies quanto à origem

Os cookies podem também dividir-se quanto à origem. Os “first-party” são gerados pelo próprio site que se está a visitar. Mas também existem os “third-party”, isto é, cookies gerados por uma terceira parte (considerando o utilizador e o website como as duas partes da interação cibernética). Pode existir um anúncio no site cujos cookies são controlados (e enviados ao utilizador) por uma terceira entidade, que não o website.

Cookies quanto à natureza

Os cookies de sessão permanecem no computador apenas enquanto o utilizador estiver a utilizar o website. Mas também se utilizam cookies persistentes, que são armazenados no aparelho do utilizador de modo a serem reutilizados na sua próxima visita ao website.

Riscos e vantagens no armazenamento de cookies

Muitas pessoas procuram limpar os cookies do Android ou do Chrome pelos riscos que tal representa. Se o login e a password ficarem memorizados num computador que possa ser utilizado por outras pessoas, será fácil para essas pessoas acederem ao seu e-mail ou a outro serviço exclusivamente seu. O histórico de navegação também fica implícito através do uso de cookies, mesmo que o apague do browser; através deles, continuarão a surgir anúncios relacionados com as suas pesquisa anteriores. Mesmo que utilize um browser anónimo, os cookies dos websites que visita continuarão a ser armazenados no seu computador. Além disso, a acumulação de cookies torna o computador tendencialmente mais lento.

Posso apagar cookies?

Em todos os browsers existe uma opção nas definições de utilização que permite apagar alguns ou todos os cookies guardados. Pode até existir um atalho que facilite a tarefa. Por exemplo, no caso do Google Chrome (em ambiente desktop), basta carregar em Ctrl + Shift + Delete e abre-se automaticamente a janela para “limpar dados de navegação”.

Conclusão: devo autorizar o armazenamento de cookies?

A autorização para o uso de cookies é praticamente inevitável na internet atual. Ainda que queiramos não autorizar (e com isso deixar o nosso aparelho mais rápido), fatalmente a performance de cada website que visitamos tornar-se-á mais lenta, pois os sites já são desenvolvidos de modo a que a utilização seja otimizada através do uso de cookies. Uma das possibilidades é fazer uma limpeza regular dos cookies acumulados através dos diversos browsers que se utilizam.

Mas a melhor alternativa é confiar na NordVPN e aceder à net através de uma VPN, que funcione como uma “camada” extra de proteção em termos de segurança e privacidade. Embora uma VPN não interfira com a presença de cookies, é eficaz na encriptação das mensagens e dados enviados e recebidos, garantindo maior proteção contra hackers e bisbilhoteiros.