O seu IP: Desconhecido · O seu estado: ProtegidoDesprotegidoDesconhecido
Blog Em detalhe

O que é o ad blocker?

Os anúncios na internet são um incómodo. Muitas pessoas não gostam de ser distraídas ou interrompidas com publicidade não solicitada, mas pior que isso pode ser a dificuldade em apagar ou fechar os anúncios, bem como o facto de deixar a navegação mais lenta. Sem que o utilizador perceba se é o browser que ficou mais lento, a ligação de rede, ou ambos. Até podem ser um disfarce para malware. É por isso que as soluções de ad blocking são tão procuradas.

Ilma Vienazindyte

Ilma Vienazindyte

Sep 25, 2019 · Leitura de 5 min

O que é o ad blocker?

Como funciona um software de ad blocker?

Um ad blocker, ou bloqueador de anúncios, é uma extensão do navegador de internet que remove, quase na totalidade, todo o conteúdo publicitário dos sites acedidos por um computador ou telemóvel.

Enquanto o site é carregado, a extensão ou software de bloqueio de anúncios inspeciona os nomes do domínio dos elementos que compõem a página web, comparativamente a listas negras de conteúdo de publicidade. Se, durante este carregamento aparecer algum conteúdo publicitário, o ad blocker bloqueia-o automaticamente, evitando que ele apareça no ecrã.

Após o carregamento da página, o bloqueador de anúncios rastreia o site à procura de elementos que obedecem a certas regras, como por exemplo, imagens com dimensões de banners, ocultando também estes elementos.

Porque é que as pessoas utilizam ad blockers

Um ponto positivo acerca dos ad blockers é que eles melhoram bastante a experiência de navegação na internet, removendo pop-ups, vídeos publicitários e conteúdo com zero interesse para o utilizador. Além do óbvio, que é navegar de forma significativamente melhor, sem distrações de pop-ups e vídeos que não interessam nada, a instalação de um bloqueador de anúncios, traz mais benefícios aos cibernautas:

  • Segurança: grande parte da publicidade online é, geralmente, utilizada por hackers e cibercriminosos para distribuir malware e ferramentas de hacking para roubarem dados pessoais ou conteúdos. Ao usar um ad blocker, o utilizador impede que o seu aparelho seja infetado por aquele clique involuntário.
  • Privacidade: o bloqueador de anúncios vai impedir que cookies e rastreadores de terceiros sejam carregados no dispositivo, o que diminuirá a recolha de elementos sobre os respetivos comportamentos de navegação online.
  • Mais velocidade de navegação: ao utilizar um ad blocker, os sites abrirão mais rápido, porque não precisam de carregar dezenas de elementos de tags de anúncios, plug-ins e rastreamento de terceiros.

Será bom ter sempre o ad blocker ligado?

Finalmente livre! Ao usar um bloqueador de anúncios, pode finalmente ler o seu artigo favorito ou visualizar aquele videoclipe no YouTube ou, no Facebook sem interrupções ou distrações.

Embora esta liberdade possa ser uma vantagem para o leitor, pode ser o oposto para os editores que não recebem qualquer valor por anúncios que não foram entregues ao destinatário.

Assim sendo, o conteúdo que o utilizador está habituado a aceder de borla, poderá começar a ser pago, dado que ele geralmente é grátis porque já foi pago pelo anunciante ou patrocinador do artigo.

A vantagem da publicidade online é que só os “ads”que realmente foram vistos são pagos, contra os anúncios tradicionais que são pagos à peça. Se o anúncio não apareceu no seu ecrã, porque foi bloqueado, o jornal não recebe e o utilizador poderá ter de começar a pagar para aceder aos artigos.

Para contornarem este bloqueio, os criadores de conteúdo, sejam jornalistas ou bloggers, tentam arranjar formas alternativas de pagamento, como por exemplo, artigos patrocinados, assinaturas premium, ou convites aos leitores para serem colocados na lista de permissões dos ad blockers.

Há também alguns portais que impedem os leitores de aceder a algum conteúdo caso detetem um software de ad blocking.

Quando é que o software ad block não funciona?

Existem determinadas situações em que o ad blocker poderá não funcionar:

  • Anúncios Aceitáveis (Acceptable Ads). O Acceptable Ads Committee (Comité de Anúncios Aceitáveis) é uma organização independente, criada em 2017 sob os auspícios da indústria de bloqueio de ads. Composta por profissionais representantes de vários setores (utilizadores, anunciantes, criadores de conteúdo, ativistas dos direitos digitais, etc.), a organização tem vindo a estabelecer os padrões de anúncios aceitáveis para a indústria digital e de média na Europa e nos Estados Unidos. Ads classificados como aceitáveis não serão barrados pelos filtros de ad blocking.
  • Alguns sites poderão solicitar aos utilizadores que desliguem o seu ad blocker como condição para acederem aos conteúdos (pois é a forma de obterem receita).
  • Alguns sites de grande porte, como o Facebook, o Twitter e o Twitch, trabalham continuamente em novas formas para ultrapassar as barreiras de ad blocking.
  • Quando a publicidade está agregada ao conteúdo, é impossível dissociá-los. É o chamado product placement, quando uma referência a uma marca ou produto é colocada no próprio vídeo ou artigo que se está a ver, sem surgir como uma interrupção. Em Portugal, um dos primeiros exemplos de product placement foi a colocação de iogurtes Yop nos vídeos do quarteto humorístico Gato Fedorento.

Como bloquear anúncios no Twitch

O Twitch é, provavelmente, a mais popular plataforma de stream de gamers (transmissão de videojogos na internet) da atualidade. Além dos jogadores propriamente ditos, diversas celebridades aderiram à plataforma, como Will Wheaton (ator), Snoop Doog, Post Malone (músicos) ou Lando Norris (piloto de Fórmula 1, que transmite no Twitch as suas corridas de simracing ou e-sports.) Existem várias formas de bloquear anúncios no Twitch:

  • Subscrever uma conta Turbo (premium); sendo paga, o Twitch retira daí a sua receita, logo não emite anúncios para os utilizadores Turbo.
  • Instalar um ad blocker, tendo em atenção que nem todos funcionam no Twitch. Se o utilizador estiver a aceder ao streaming através de um smartphone ou tablet, pode ser particularmente difícil impedir a exibição de anúncios. As extensões de browser também não funcionam bem no Twitch; poderá ser necessário um ad blocker stand-alone, isto é um software dedicado (e não uma simples extensão de navegador).
  • Denunciar anúncios repetitivos ou desagradáveis. Se o utilizador denunciar um anúncio várias vezes, acabará por deixar de ser emitido.

Como escolher um programa ad blocking

Como vimos acima, existem diversas soluções para impedir a exibição repetitiva de anúncios (ads). Veja o que fazer para escolher a melhor opção:

  • Cuidado com os ad blockers falsos ou maliciosos. Instalar um falso ad blocker pode ser uma forma perfeita de levar um cibernauta a instalar malware, que poderá transmitir dados pessoais do computador ou telemóvel para um hacker, algures.
  • O software deve ser multitarefas. O mercado compreende pop-ups, banners, anúncios de vídeo, etc. Um ad blocker deve ser capaz de bloquear todos, desde as tecnologias de anúncio mais antigas às mais recentes.
  • Deve existir um apoio ao cliente, alguém a quem se possa recorrer em caso de necessidade.
  • Possibilidade de personalização (criar exceções para determinados sites, etc.).

Outra opção é instalar uma VPN

Outra forma económica de ter um ad blocker é utilizar uma VPN com um bloqueador de anúncios integrado, que impede os anúncios de entrarem no computador, ao mesmo tempo que garantem uma navegação segura e privada.

A tecnologia CyberSec da NordVPN bloqueia com eficiência os domínios suspeitos para que nenhum malware ou outras ameaças cibernéticas possam infetar o dispositivo.

Além disso, este recurso oculta pop-ups indesejados, anúncios em vídeo de reprodução automática e outros materiais de publicidade no momento em que se entra num site, permitindo que aproveite o conteúdo que quer aceder, sem anúncios, como este artigo.