Seu IP: Desconhecido · Seu status: ProtegidoDesprotegidoDesconhecido
Blog Aprofundado

Tipos de Endereço de IP: Tudo o Que Você Precisa Saber

Endereços de IP são elementos indispensáveis para a comunicação entre aparelhos conectados à internet e servidores web – e há vários tipos de endereços de IP.

Laura Klusaite

Laura Klusaite

Nov 08, 2020 · Leitura de 7 min

Tipos de Endereço de IP: Tudo o Que Você Precisa Saber

Você sabe quais são as principais diferenças entre um endereço de IP estático e um endereço de IP dinâmico, ou entre um privado e um público?

O que é um IP dedicado? Será que você precisa de um? Você deve até se perguntar: “qual é meu endereço IP?”. Estas dúvidas serão tiradas abaixo, mas você também pode fazer uma pesquisa de endereço de IP usando a nossa ferramenta para ter mais informações sobre as suas informações de protocolo de internet.

O que é um endereço de IP?

Antes de qualquer coisa, esta é a pergunta que temos que responder. IP é a sigla para Internet Protocol (protocolo de internet, em português) e o endereço de IP é uma espécie de sequência de números usados para identificar um dispositivo conectado à internet (como o IP do roteador ou o IP do celular, por exemplo) – como um endereço, uma impressão digital ou uma caixa de correio.

É pelo endereço de IP que os dispositivos e os servidores podem trocar informações uns com os outros – o que é essencial para qualquer coisa online.

Se você procurar por alguma coisa em um buscador como o Google, por exemplo, é o seu endereço de IP que vai enviar uma solicitação para que os servidores da Google possa te fornecer os resultados da sua busca: a Google vai encontrar respostas e enviá-las pra você, e isso só vai ser possível pelo seu endereço IP.

Parece algo simples, mas há vários tipos de endereços de IP com aspectos e funções diferentes, e é muito fácil se confundir com todos eles. Cada tipo de endereço de IP tem uma função, então é essencial saber um pouco sobre cada um e verificar as diferenças entre eles.

Como vamos conferir mais adiante, as informações de IP podem ser estáticas ou dinâmicas, ou seja, podem ser fixas ou alteradas a cada nova conexão.

E é possível alterá-las com alguns processos, além do uso de certas ferramentas, como uma VPN (sigla para Virtual Private Network, ou “rede virtual privada”) – confira nosso guia “O que é VPN?” e saiba mais sobre as conexões VPN, como elas funcionam e por que você precisa de uma para manter um alto nível de segurança e privacidade na sua rede.

Quais são os tipos de IP?

Em geral, podemos categorizar os endereços de IP em quatro tipos principais: público, privado, estático e dinâmico.

Cada tipo (ou categoria) de IP tem funções específicas, mas basicamente, todos eles servem como identificadores para possibilitar a comunicação entre os dispositivos e os servidores e, de forma resumida, não dá para falar no “melhor tipo” de endereço IP, já que cada um possui suas próprias vantagens para cada tipo de atuação.

IP privado e IP público

Então, vamos aos dois tipos principais de IP: o público e o privado. Cada dispositivo conectado à internet possui um IP privado e um IP público – ou seja, não são tipos opostos, mas “complementares”.

Qual o motivo dos dois tipos serem necessários? Porque o número de endereços de IP que nós dispomos não são suficientes para todos os dispositivos que usamos e ficam conectados à internet.

Na década de 1980, por exemplo, quando o protocolo IPv4 foi criado, ele estruturava os endereços de IP’s numéricos de 32 bits, gerando aproximadamente 4.3 bilhões de endereços únicos de IP.

Com o passar do tempo, o desenvolvimento tecnológico e a popularização de computadores e outros dispositivos conectados à internet, essa quantidade de identificações ficou, obviamente, insuficiente.

O problema foi solucionado com a introdução de endereços de IP privados, além da NAT (Network Address Translation – “tradução de endereço de rede”), que se estabelece no roteador e direciona o tráfego de informações para uma rede mais ampla, distribuindo este tráfego para dispositivos conectados na mesma rede.

Daí o roteador atribui a estes dispositivos endereços privados de IP. Estes endereços não podem ser roteados pela internet, então muitos dispositivos podem ter o mesmo endereço de IP privado sem que isso gere nenhum conflito.

Seu endereço público de IP é fornecido pelo provedor de internet e é atribuído ao seu roteador para que ele possa se comunicar com a rede mundial de computadores. Você pode verificar seu endereço público de IP por esta ferramenta gratuita da NordVPN.

Resumindo: o IP público é aquele que fica disponível para a internet e identifica sua rede, o IP privado fica “oculto” e serve para identificar dispositivos.

IP privado e IP público

IP dinâmico e IP estático

Os endereços de IP do tipo público podem ser subdivididos em dois tipos: o IP dinâmico e o IP estático.

Um endereço de IP dinâmico, como o nome sugere, é um endereço que muda com o tempo. Seu provedor de internet atribui um endereço de IP deste tipo, mas eles são alterados sempre que você reinicia seu dispositivo, adiciona um novo dispositivo à sua rede ou altera alguma configuração dela.

As mudanças raramente geram qualquer impacto na sua conexão e no funcionamento dos seus dispositivos, e endereços de IP dinâmicos são geralmente usados em conexões de redes domésticas.

Um endereço de IP estático, por outro lado, não muda nunca. São geralmente direcionados para servidores que hospedam websites ou fornecem serviços de e-mail ou de FTP (File Transfer Protocol, “protocolo de transferência de arquivos”).

Mas eles também podem ser dados a organizações públicas que precisam de conexões mais estáveis e endereços web mais consistentes. Alguns indivíduos podem usar esse tipo de endereço de IP para jogos online ou conexões VOIP, já que isso também exige conexões mais estáveis.

Esse tipo de endereço IP, entretanto, tem algumas desvantagens, como cobrança extra para atribuir um IP estático, além de serem mais fáceis de rastrear por hackers, além disso, exigir medidas adicionais de segurança (porque são mais suscetíveis a ataques).

IP dinâmico e IP estático

O que é um endereço de IP dedicado?

Um endereço de IP dedicado é um IP estático dado ao website em um servidor de hospedagem compartilhada. Servidores web que hospedam websites podem ter vários endereços estáticos de IP.

Um servidor pode designar um IP estático para vários websites que, assim, podem compartilhar um mesmo endereço IP. Mas, se o servidor web oferecer um endereço IP estático e exclusivo para um único website, então esse endereço IP é chamado de dedicado.

IP dedicado

Quais as vantagens de uma VPN para seu endereço IP?

Uma boa VPN pode te oferecer um endereço de IP dedicado, que inclui benefícios como:

  • Permitir maior controle sobre sua privacidade online.
  • Diminuir requisições de websites para que você faça verificações do tipo captcha.
  • Permitir que usuários se conectem a servidores remotos por meio de uma lista de servidores disponíveis.
  • Melhorar sua interação com serviços de internet banking – muitos deles podem interpretar um IP compartilhado como uma atividade suspeita.

Além destes benefícios, uma boa opção como a NordVPN ajuda a te proteger contra vários perigos da internet, melhora a integridade e a segurança da sua conexão e te permite alterar seu IP para outros servidores, ajudando a manter a sua privacidade.

Que tipo de IP eu consigo ao usar uma VPN?

Um endereço de IP carrega várias informações suas – sua localização geográfica, o proprietário do endereço de IP e até mesmo seu registro de atividades na internet. Só que, se você rotear seu tráfego por meio de um servidor fornecido pela VPN, seu endereço de IP pode ser alterado – e estes registros pessoais podem ser mantidos em um nível maior de privacidade.

É muito comum que provedores de VPN te designem um endereço de IP compartilhado, e esse é um dos fatores que aumentam sua privacidade. Um endereço de IP compartilhado é dado para vários usuários, então isso dificulta seu rastreamento na internet.

Mas há um efeito colateral negativo: se alguém que usa o mesmo IP compartilhado que você acabar incluso em alguma blacklist de algum website ou serviço específico, isso pode te impedir de acessar este conteúdo se você usar o mesmo IP que esta pessoa. Isso pode gerar, dentre outras coisas, o incômodo de você acabar recebendo mais solicitações para preencher verificações de captcha, por exemplo.

As vantagens de manter a integridade do seu IP

Usar uma boa VPN, como a NordVPN, ajuda a manter a integridade do seu endereço IP (permitindo ao usuário mascarar o IP, por exemplo), te permite selecionar outros endereços de IP e garante maior autonomia para suas atividades online, mais segurança para o tráfego de informações da sua rede e, além disto, mais privacidade para seus registros – confira também nosso guia sobre “como ocultar meu endereço de IP”.

Usar as funcionalidades de uma boa VPN ajuda a manter sua integridade online porque o modo como seu IP é identificado influencia diretamente em praticamente tudo o que você faz na internet e todos os “rastros” deixados por suas atividades.

Uma das informações com as quais você deve se familiarizar são aquelas referentes ao funcionamento dos firewalls (como o NAT).

Sua segurança online começa com um clique.

Fique em segurança com a VPN líder a nível mundial