O seu IP: Sem dados · O seu estado: ProtegidoDesprotegidoSem dados

Previsão das maiores ameaças à cibersegurança em 2024 — de acordo com os hackers

Com 2024 a chegar, quais são as ameaças à cibersegurança com que deve estar mais preocupado? A NordVPN vasculhou a dark web para descobrir o que estão os hackers a planear para o próximo ano. Vamos conhecer as principais previsões de ameaças para 2024.

Previsão das maiores ameaças à cibersegurança em 2024 — de acordo com os hackers

Dados de fóruns da dark web

Os pesquisadores da NordVPN estão sempre a acompanhar a evolução das ameaças online. Quanto mais precisos formos a antecipar os riscos emergentes, melhor podemos preparar-nos para eles. Para 2024, a equipa da NordVPN tentou uma nova abordagem — os pesquisadores examinaram os tópicos nos quais os hackers pareciam mais interessados e extraíram previsões dos mesmos.

Os dados neste artigo são baseados em discussões e comentários de tópicos encontrados num dos maiores fóruns de hackers da dark web. Ao acompanhar os tópicos que mais interessam aos cibercriminosos, podemos fazer previsões sobre as áreas em que eles se concentrarão nos próximos 12 meses.

Previsões de cibersegurança para 2024

Com base nos dados recolhidos num grande fórum de hackers da dark web, a equipa de pesquisa da NordVPN destacou cinco previsões de segurança cibernética para 2024.

Previsões de cibersegurança para 2024

Nudes vazados serão tendência na dark web

Tópicos sobre fotos e vídeos de nudes vazados estavam entre os mais comentados no fórum. Com mais de 1800 comentários, os tópicos sobre partilha e hacking de imagens de nudes estavam entre os 20 principais tópicos do fórum, com base nas interações.

As discussões giravam à volta da divulgação de imagens do OnlyFans, Instagram e outras plataformas de partilha de conteúdos.

O vazamento de imagens de nudes tem aumentado na última década. À medida que os utilizadores de internet e celebridades armazenam cada vez mais dados na nuvem, os hackers têm mais oportunidades do que nunca para roubar imagens confidenciais das suas vítimas. Com base nessas discussões no fórum, os pesquisadores da NordVPN acreditam que esses crimes aumentarão em 2024.

A IA irá ajudar os hackers

O cibercrime assistido por IA parece prestes a explodir em 2024 — uma previsão sustentada por discussões relacionadas com IA entre hackers no fórum.

A inteligência artificial pode ajudar os hackers de muitas formas. Por exemplo, é provável que a IA seja usada para melhorar a ortografia e gramática dos e-mails de phishing, tornando mais fácil para os hackers convencer as suas vítimas a clicarem em links e anexos arriscados.

Os cibercriminosos já demonstraram interesse em usar vídeos gerados por IA para fins nefastos. Os vídeos deepfake estão a surgir na internet, utilizando rostos e vozes de celebridades para perpetrar burlas. Os deepfakes de IA são também cada vez mais usados para gerar imagens explícitas de pessoas reais numa nova forma insidiosa de cibercrime.

2023 pode ter sido o ano em que a IA ganhou espaço em todas as áreas da internet, mas em 2024 os utilizadores terão de contar com as piores consequências desta tecnologia em rápida evolução.

O número de hackers amadores vai aumentar

Os pesquisadores da NordVPN acreditam que o número de hackers amadores provavelmente vai aumentar em 2024. Esta previsão é baseada nos inúmeros posts no fórum da dark web de pessoas que querem aprender ou ensinar outras sobre como realizar ciberataques.

Alguns dos tópicos mais presentes no fórum incluem:

  • “Como fazer dox”
  • “Como hackerar o WhatsApp do seu amigo enviando um único link”
  • “Como invadir instantaneamente contas do TikTok facilmente”
  • “Curso de hacking de Wi-Fi”

Com a crescente consciência das ameaças à cibersegurança, surge uma nova geração de possíveis hackers que esperam conseguir ganhar dinheiro com phishing, disseminação de malware e roubo de dados.

Os dados roubados de clientes serão ainda mais valiosos

De acordo com os pesquisadores da NordVPN, aproximadamente 55% dos tópicos de discussão eram sobre vazamento de dados de clientes. As informações roubadas incluíam dados de acesso a redes sociais, cartas de condução, moradas da residência e endereços de e-mail pessoais.

Os dados dos clientes podem acabar a ser vendidos na dark web por elevadas quantias, e esta tendência vai provavelmente continuar em 2024. Podemos esperar ver dados vazados de empresas a ser vendidos em grandes conjuntos a cibercriminosos, que podem usar estas informações para lançar burlas, sequestrar contas ou roubar a identidade de pessoas.

A autenticação biométrica não será a resposta

Nos últimos anos, alguns analistas de segurança cibernética tinham esperança de que a autenticação biométrica pudesse reduzir drasticamente os riscos de cibercrime. Afinal, se o seu rosto ou a sua impressão digital forem necessários para aceder aos seus dados, como é que alguém pode contornar as medidas de segurança sem o seu consentimento?

Embora a biometria esteja certamente a adicionar novos mecanismos úteis à infraestrutura de cibersegurança e aos processos de autenticação, os hackers estão rapidamente a explorar novas formas de contornar essas defesas. O fórum pesquisado pela equipa da NordVPN incluía uma publicação muito popular com instruções sobre como contornar a verificação por selfie.

A autenticação biométrica desempenha certamente um papel na segurança digital, mas é melhor considerá-la como parte de uma solução de segurança maior, em vez de uma solução mágica.

Como manter-se seguro em 2024

É provável que 2024 seja um ano perigoso no que ao online diz respeito. Se a pesquisa da NordVPN na dark web servir de referência, podemos esperar vazamentos de dados, ataques de phishing ajudados por IA e o desenvolvimento de novos métodos para contornar a autenticação. Para manter os seus dados seguros este ano, implemente as seguintes práticas de segurança.

  • Mantenha as suas apps e sistemas operativos atualizados. Por mais tentador que seja adiar as atualizações, descarregar estes patches de software pode resolver bugs e pontos fracos na sua segurança. Se o software não for atualizado regularmente, os hackers podem explorar problemas não corrigidos no código e lançar ataques cibernéticos contra o seu dispositivo.
  • Use autenticação multifator (MFA). Se as suas contas online têm recursos de MFA, ative-os. Com a MFA ativada, os hackers vão precisar de passar por múltiplos métodos de autenticação para chegar aos seus dados. Um hacker pode ser capaz de quebrar a sua password ou roubar o seu dispositivo, mas depois precisará de fornecer prova adicional de identidade, como um PIN de uso único (enviado para o seu e-mail) ou um elemento biométrico.
  • Proteja-se com uma VPN. Uma VPN, ou rede privada virtual, é uma das formas mais simples e mais eficazes de aumentar a sua segurança online em 2024. A NordVPN encripta o seu tráfego de internet, protegendo os seus dados de ataques man-in-the-middle (MITM), e oculta o seu endereço IP. Com a NordVPN, você também pode beneficiar da Proteção Contra Ameaças, uma funcionalidade que bloqueia anúncios e rastreadores, e limita os riscos de malware.

A segurança online começa com um clique.

Fique em segurança com a principal VPN do mundo


Valorizamos a sua privacidade

Este site utiliza cookies para que tenha uma experiência mais segura e personalizada. Ao aceitar, concorda com a utilização de cookies para anúncios e análises, de acordo com a nossa Política de cookies.