O seu IP: Desconhecido · O seu estado: Protegido
Desprotegido
Desconhecido
Blog Em detalhe

As 9 melhores alternativas ao Youtube que deves Conhecer

Porque devemos conhecer alternativas ao YouTube? Se pensa que ver vídeos com gatinhos de forma inocente no YouTube não transmite informação sua à Google, está bastante enganado. A quantidade de dados que a gigante tecnológica recolhe no YouTube é surpreendente. A recolha é feita através do conteúdo visualizado, determinando os gostos e hábitos do utilizador.

Ilma Vienazindyte

Ilma Vienazindyte

Feb 21, 2021 · Leitura de 5 min

As 9 melhores alternativas ao Youtube que deves Conhecer

As alternativas que sugerimos permitem-lhe aceder a conteúdos de grande qualidade sem conceder tanta informação à Google. Veja as nossas sugestões e alargue os seus horizontes!

Alternativa generalista

Dailymotion

dailymotion

Baseado em França e com cerca de 300 milhões de espetadores por mês, é uma das alternativas mais populares ao YouTube. Alguns cibernautas consideram que é a escolha mais próxima do YouTube, apresentando um interface sóbrio, com barra de pesquisa e as mesmas categorias que o site de vídeos mais utilizado em todo o mundo; outros veem-no como o parente mais pobre do seu congénere da Google.

Os utilizadores do Dailymotion escolhem esta plataforma principalmente pelos vídeos em HD e por permitir carregar vídeos até 4 GB com uma resolução de 1080px, enquanto o YouTube comprime o conteúdo, retirando qualidade ao mesmo.

O único senão deste site de streaming é permitir vídeos até um máximo de apenas 60 minutos.

Para vídeos curtos

Metacafe

O Metacafe é uma plataforma de vídeo bastante básica, mais antiga que o YouTube. Nela podemos encontrar milhões de vídeos de baixa definição com, no máximo, 90 segundos.

Esta alternativa ao YouTube, é uma ótima escolha para cibernautas que gostam de um layout simples com vídeos divertidos, reviews de produtos, vídeos de apanhados, ou conteúdos de “how to” (como fazer).

À semelhança do YouTube, o Metacafe categoriza os seus vídeos por: entretenimento, desporto, videojogos, filmes, notícias e TV. Os utilizadores podem subscrever canais ou playlists.

Para apaixonados por música

Vevo

Para os que procuram uma alternativa ao YouTube especificamente para ouvir música, o Vevo é uma opção de peso. Para os melómanos e viciados em vídeos de música, o Vevo oferece uma quantidade razoável de videoclipes com alta definição de duas editoras: a Sony Music Entertainment e a Universal Music Group.

É possível visualizar os últimos hits de verão ou explorar clipes antigos, todos eles agrupados por artistas.

Para os que procuram inspiração

Vimeo

vimeo

O Vimeo foi criado por cineastas, pelo que não admira que seja uma plataforma bastante intuitiva para mentes criativas. Quem trabalha com pensamento criativo está no Vimeo, desde realizadores a fotógrafos, publicitários e músicos, etc. Para quem procura aquele entretenimento mais popular ou vídeos de gatos engraçados, esta plataforma não é a melhor opção.

Se estás à procura de entretenimento e vídeos de gatos engraçados esta plataforma não é a melhor escolha para ti.

Tem um interface excelente e vídeos com mais qualidade que o YouTube, através de alta definição em 4K Ultra HD. Algumas das vantagens que o tornam único é estar livre de qualquer tipo de anúncios e disponibilizar uma comunidade dedicada para que os utilizadores possam comentar, seguir canais e partilhar vídeos nas suas contas de redes sociais.

TED

ted

O TED é uma organização não lucrativa que apresenta conferências no mundo inteiro. Grande parte destas palestras são registadas em vídeo e posteriormente apresentadas no site do TED.

Atualmente, o TED disponibiliza mais de 3 mil conferências sobre tudo e mais alguma coisa, desde tecnologia a negócios, passando por design e assuntos modernos à escala global.

Para quem procura ideias inovadoras ou pretende aprender mais sobre a modernidade, o TED é uma excelente escolha.

Para os gamers

Twitch

Especialmente concebido para a comunidade global de gamers, o Twitch permite aos jogadores de todo o mundo partilhar conteúdo de gameplay em direto e em tempo real, ou carregar os vídeos posteriormente.

Esta plataforma de gamers para gamers também funciona como rede social onde os utilizadores podem partilhar truques e dicas sobre jogos, bem como interagir uns com os outros.

Para os viciados em séries e filmes

Veoh

O Veoh oferece conteúdo produzido pelos utilizadores (user-generated content) através de uma interface bastante simples, sem qualquer limite de tempo.

Os fãs de filmes clássicos (ao estilo do canal Hollywood) e séries famosas como a NCIS passam longas horas com os olhos no Veoh. Para ver estes conteúdos em HD basta instalar o Veoh Web Player.

O Veoh é uma espécie de cruzamento entre streaming de vídeo e rede social, onde os utilizadores se podem conectar com outros cibernautas, entrar em grupos e falar pelo chat.

Para os que gostam de clássicos a sério

Archives.org

archives.org

Esta alternativa ao YouTube é um autêntico serviço público ao disponibilizar o maior arquivo online de documentários, filmes e vídeos que não encontra em mais lado nenhum. O motor de busca, bastante intuitivo, permite pesquisar conteúdo por ano, linguagem, tópico e tema. O utilizador pode, também, carregar e arquivar os seus próprios vídeos.

Crackle

O Crackle foi criado pela Sony Pictures Entertainment, o que o torna no melhor sítio para visualizar séries originais de todas as décadas ou filmes antigos de Hollywood. Os arquivos do Crackle oferecem clássicos do cinema de produtoras como a Columbia Pictures, Funimation Films e Tri-star Pictures, entre outras. Infelizmente, não está disponível em Portugal, mas caso venha a estar será uma interessante alternativa.

Mas será possível ver vídeos na internet e ter privacidade?

Longe vão os tempos em que arquivávamos os nossos vídeos num CD e tínhamos privacidade completa. Hoje em dia há milhares de sites de streaming de vídeos cuja privacidade deixa muito a desejar. Estes sites recolhem dados pessoais dos seus utilizadores (relativos à utilização e até à identificação) e dão poucas garantias de segurança.

Inclusive, alguns destes sites partilham, uma vez mais sem o nosso consentimento, a informação sobre nós, com parceiros, em “circunstâncias excecionais”, para alegadamente garantir a proteção dos nossos dados ou para combater a fraude.

A Google, responsável pelo YouTube, é precisamente uma das maiores agregadoras de dados coletados de forma suspeita, sob a forma de “combate à fraude”.

Contudo, é possível impedir que os sites de streaming colham dados sobre nós para “melhorar os serviços”, sem qualquer autorização expressa, ou plantem cookies para recolher dados, com fins de marketing. Essa é uma das vantagens de utilizar uma VPN: navegar de forma mais segura, através de um “túnel” que encripta a informação enviada e recebida e quase impossibilita a identificação por terceiros (fornecedores de serviços, hackers, etc.).