O seu IP: Desconhecido · O seu estado: Protegido
Desprotegido
Desconhecido
Blog Notícias

Firmware: o que é?

Firmware é software que está instalado diretamente em hardware e que tem a função de o controlar. Trata-se de uma categoria específica de software, que não é utilizada pelo proprietário do aparelho de hardware no seu dia a dia. Tal não impede, porém, que o utilizador possa procurar um update de firmware para manter o respetivo aparelho totalmente operacional.

Laura Klusaite

Laura Klusaite

Sep 14, 2020 · Leitura de 4 min

Firmware: o que é?

O firmware é gravado num chip de memória não-volátil, podendo ser incorporado na memória ROM, na EPROM (leitura programável e apagável) ou na flash. Os dados contidos no firmware nunca são apagados, mesmo em caso de falha de energia.

Quais os principais exemplos de firmware?

A BIOS (Basic Input/Output System), historicamente utilizada em arquitetura de computadores, e a UEFI, que gradualmente lhe está a tomar o lugar, são os exemplos clássicos de firmware de computador. Mas qualquer aparelho de hardware precisará do seu próprio software que controle as suas modalidades básicas de funcionamento. É o caso do firmware de uma impressora, de um sistema de controlo de iluminação num edifício ou até de um desfibrilhador. Naturalmente que smartphones e tablets também dispõem de software específico, não surpreendendo que muitos utilizadores procurem informações regularmente sobre como instalar firmware no Android.

Qual a diferença entre firmware e driver?

O driver é um software que age como um tradutor entre dois aparelhos de hardware. Imaginemos que tem uma impressora ligada ao seu computador. Essa impressora precisará de firmware (isto é, software próprio e “permanente”, não-volátil) para poder desempenhar as suas funções. Mas tal não será suficiente para que o computador consiga comunicar com a impressora. Aí será necessário um software “driver”, instalado no computador e que permita a este aparelho enviar e receber informações da impressora à qual está ligado.

Como funciona o firmware?

O firmware funciona como um sistema operativo, estando associado à simples ativação do hardware. Ao ligar o aparelho, o firmware deverá entrar imediatamente em funcionamento, carregando as suas funções e deixando o aparelho preparado para correr outras aplicações. O processo é semelhante em computadores, em router como o dsl-ac68u, em Smart TVs, etc.

O que são updates de firmware?

Tal como acontece com qualquer outro tipo de software, o firmware está sujeito a receber atualizações que possam melhorar as suas performances ou segurança. Muitas vezes, os updates permitem ao hardware acompanhar os updates de software de outras empresas de modo a que o utilizador não se depare com erros. Os fabricantes de smartphones (Android vs iOS, a competição é a mesma de sempre) esforçam-se por entregar aos seus clientes updates que permitam às suas máquinas tirar o máximo partido do respetivo sistema operativo e das apps que forem instaladas.

Como instalar updates de firmware?

Não existe uma regra universal para instalar firmware. Cada fabricante tem o seu próprio modo de funcionamento. Se procura, por exemplo, firmware para um aparelho Huawei y625-u21 em Portugal, poderá procurar uma aplicação “firmware finder” no Google Play para esse efeito. Já para fazer o download de firmware da Samsung poderá visitar o seu site oficial. Será sempre importante contactar diretamente o fabricante para obter informação legítima e atualizada.

Factos importantes sobre firmware

Assegure-se que o aparelho que está a ser atualizado não é desligado enquanto a operação prossegue. Tal poderia deixar o código de firmware corrompido ou danificado, causando sérios problemas à sua utilização futura. Um computador ou telemóvel com pouca carga de bateria poderão ser preventivamente ligados a uma tomada.

Evite instalar a atualização a um modelo errado. Quando o update não é feito automaticamente pelo fabricante e é o utilizador a tomar essa iniciativa, a instalação de firmware num modelo diferente ao qual se destina pode igualmente danificar o aparelho ou impedir o seu correto funcionamento.

Pode o firmware ser apagado?

Se detetar que ficheiros ou elementos da atualização de firmware do seu Android estão a ser apagados, não se preocupe. É frequente que os “scripts” de atualização apaguem os ficheiros, pois ocupam demasiado espaço e são necessários apenas uma vez. Porém, noutras situações que não um update, deverá estar atento à possibilidade de hacking.

Pode o firmware ser “hackeado”?

O firmware de um computador ou de um dispositivo externo ao computador está tão exposto aos ataques de hackers como qualquer outro. Como o firmware não “exige” assinaturas criptográficas, não irá detetar infiltrações e o malware poderá esconder-se no próprio código do firmware.

Ficou célebre o caso do vírus Ghost DNS, descoberto em 2018, e que afetou especialmente o Brasil. Uma investigação detetou que, de entre 100 000 routers infetados com este vírus, cerca de 87% se encontravam no “país irmão”. O procedimento por parte dos cibercriminosos foi bastante simples, pois apontavam a routers com passwords fracas. Muitos desses routers não tinham password sequer, num fenómeno comum nos primeiros tempos da massificação da internet – e que poderá voltar à medida que algumas pessoas deixarem de se importarem com os acessos por vizinhos. Ao controlarem os routers, os hackers instalavam malware que lhes permitia, por exemplo, direcionar a vítima para um site falso quando esta tentava aceder ao site do seu banco.

E nem todos os ataques são tão pouco sofisticados como este. Imagine que um utilizador de uma TV box Mecool Kiii Pro adquire uma alegada “lista de canais” na internet. A lista poderá servir para instalar malware no aparelho, naturalmente indetetável pelo antivírus do seu computador com o qual não tem nada a ver. Todavia, através da sua rede local, o malware poderá tentar aceder a dados pessoais do seu computador ou telemóvel.