O seu IP: Sem dados · O seu estado: ProtegidoDesprotegidoSem dados

Avançar para o conteúdo principal

Bem-vindo ao próximo capítulo NordVPN

Temos questionado as pessoas acerca do que estas acham que uma VPN é, por que devem utilizar este serviço, e de que forma este as beneficia há anos. E ainda que uma VPN seja bastante simples, as suas respostas não o foram. Para alguns, VPNs são ferramentas que desbloqueiam o acesso a uma Internet menos restringida. Para outros, as VPNs permitem-lhes assumir o controlo dos seus dados. Já outro grupo confia numa VPN para obter uma camada extra de segurança online.

Bem-vindo ao próximo capítulo NordVPN

Ainda que muitas funções sejam regularmente mencionadas, no final do dia todas dependem dos benefícios de um túnel encriptado e de uma rede global de servidores. Mas nós queremos que a NordVPN seja mais do que isso. Não queremos apenas encriptar o teu tráfego e esconder o teu endereço de IP. O nosso objetivo passa por fazer de uma Internet segura o standard, criando um mundo onde não é preciso fazer nada para navegar em segurança online, e onde o mais difícil é mesmo ficar vulnerável.

A Internet é acerca de muito mais do que apenas abrir sites no navegador. Também é acerca de obter acesso a informação remota. Acerca de conectar a rede da tua casa à rede do teu trabalho, talvez através de um servidor comum que utilize o mesmo dispositivo. Ou acerca de conseguir, com facilidade, criar uma conexão personalizada através da tua própria VPN privada, em qualquer lugar do mundo.

Com esta missão em mente, dedicámos os últimos dois anos à expansão dos horizontes do nosso trabalho. Para não apenas encriptar o teu tráfego online e mudar o teu endereço de IP, mas para tornar todas as tuas conexões à Internet mais seguras. Há cerca de um ano atrás, lançámos a Proteção Contra Ameaças, uma funcionalidade desenhada para parar qualquer perigo associado à tua conexão à Internet, seja através de sites maliciosos ou ficheiros transferidos.

Hoje, introduzimos o próximo capítulo NordVPN.

Partilha de ficheiros sem complicações

Neste novo capítulo, a Meshnet da NordVPN permite-te partilhar ficheiros entre os teus dispositivos sem complicações. Com esta nova adição, podes transferir capturas de ecrã feitas com o teu telemóvel para o teu computador em apenas três cliques. Sem perder qualidade. Sem uploads para servidores externos. Sem mover os ficheiros para um túnel encriptado de parte a parte. Podes aprender mais sobre esta funcionalidade neste artigo sobre partilha de ficheiros com Meshnet.

Logo após o lançamento da Meshnet, as pessoas começaram a partilhar o modo como a estavam a usar. Tudo desde criar o seu próprio servidor privado no Minecraft até definir uma proteção de rede com Pi-hole. Para que possas encontrar exemplos semelhantes mais facilmente, criámos um site dedicado ao propósito, que continuaremos a expandir.

Se já segues a NordVPN já algum tempo, talvez saibas que somos obcecados por velocidade. Não pretendemos apenas ser rápidos; queremos que a tua conexão à Internet com a nossa VPN seja mais rápida do que a tua conexão à Internet sem a nossa VPN. Assim, ao desenvolvermos a Meshnet, não nos conformamos com menos do que aquilo que já tínhamos construído com a NordVPN. Nas próximas semanas, vamos introduzir aquilo a que internamente chamámos conexão kernel-to-kernel: ligações peer-to-peer que podem atingir velocidades superiores a 1Gbps.

Compromisso open-source

Nada disto teria sido possível sem o apoio de uma comunidade muito especial — pessoas que escrevem código open-source. Como muitas outras empresas de software, dependemos de ferramentas concebidas por pessoas que as disponibilizam gratuitamente. Agora, a NordVPN assumiu o compromisso de integrar esta comunidade e também partilhar código, com vista a beneficiar aqueles que o usam e a ser mais transparente com aqueles que o procuram.

Hoje, tornámos três componentes importantes do software NordVPN open-source: a Libtelio (uma biblioteca de redes core da NordVPN utilizada por todas as nossas aplicações em vários sistemas operativos), a Libdrop (uma biblioteca utilizada para partilhar ficheiros na Meshnet), e a totalidade da aplicação NordVPN para Linux, que engloba todos estes componentes e inclui uma interface que facilita potenciais novas integrações. Podes descobrir mais detalhes sobre estas novidades neste artigo sobre o nosso compromisso open-source.

Disponibilizar a Meshnet gratuitamente

Por fim, também estamos a tornar a Meshnet numa funcionalidade gratuita. Atualmente, corporações exigem acesso aos teus dados para realizar operações tão simples quanto transferir um ficheiro de ponto A para ponto B. Nós acreditámos fortemente que esta tendência só se vai alterar se providenciarmos serviços superiores ao máximo número de pessoas, para que estas possam sentir a diferença.

É por isso que não precisas de ter uma subscrição VPN para que a Meshnet funcione. Tudo — desde partilhar ficheiros até conectares o tráfego do teu servidor de Minecraft através do teu computador de casa — é grátis. Podes conectar até 10 dos teus próprios dispositivos e até 50 dispositivos externos na tua Meshnet (para mais informação, consulta o nosso artigo sobre o porquê da Meshnet ser grátis).

Disponibilizar uma versão gratuita, assumir o compromisso open-source, e construir funcionalidades que garantam segurança e privacidade de uma forma completamente nova é tudo aquilo que carateriza o próximo capítulo NordVPN.

Encaixa a Meshnet nas tuas necessidades

Acesso remoto, partilha de ficheiros, e muito mais